Arquivos do Autor | Fábio Zuker

Nota sobre a desastrosa declaração de Benjamin Netanyahu

Por William Zeytounlian* Em um dos livros em que repete pela milésima vez a mesma piada, Slavoj Zizek conta a história judaica do menino que, depois de ouvir uma narrativa maravilhosa, pergunta ao rabino: – mas isso realmente aconteceu? é verdade? ao que o rabino responde: – não aconteceu realmente, mas é verdade. Essa anedota um tanto […]

Continue lendo

A ressaca colonial: corrupção, crise e antipetismo

Por Fábio Zuker* A atual situação política do país pode parecer desesperadora para aqueles preocupados com pautas ”progressistas à esquerda”. Entretanto, proponho aqui uma breve análise que questione o sentimento de crise política. O PT, partido nem socialista nem comunista (visto que deixou, há muito, de questionar a propriedade privada, o lucro e a categoria […]

Continue lendo

Exposição: Frente à euforia | Frente a la euforia

Por Fábio Zuker, Isabella Rjeille e Mariana Lorenzi* Do mesmíssimo modo que nossos melhores planos, disse Austerlitz, como me lembro, sempre se convertem no seu exato oposto, quando postos em prática. W. G. Sebald Ao compreender as projeções em relação ao futuro como produtos imaginários e efêmeros, Frente à Euforia indaga sobre os modos de […]

Continue lendo

O fim do lulismo, o ajuste fiscal e o calote

Por Fábio Zuker* Frente à dita ”crise financeira”, o governo decide tomar decisões em sua política econômica que não têm outro resultado senão o de prejudicar os laços mais fracos das relações econômicas: o pequeno produtor, as pequenas empresas e os consumidores de baixa renda que se endividaram durante do boom econômico brasileiro. Para qualquer […]

Continue lendo

Charlie Hebdo divide opiniões

*Por Fabio Zuker e Veridiana Domingos O ataque à revista Charlie divide opiniões, na medida em que o que o motivou, talvez, seja algo que já naturalmente divida opiniões: as charges de Maomé. Obviamente, a resposta a elas com violência e perda humana não é justificável, mas fica claro que a situação é muito mais […]

Continue lendo

Infelizmente, Bolsonaro não é exceção no Brasil

Por Fábio Zuker* Na última terça-feira (9), o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) protagonizou uma das cenas mais grotescas na história da recente política nacional: frente ao discurso da deputada Maria do Rosário (PT-RS), a qual elogiava o trabalho da Comissão da Verdade acerca da Ditadura Militar – que seria publicizado no dia seguinte, coincidindo com […]

Continue lendo

Inferno, de Yael Bartana

Por Fábio Zuker* Destaque da 31a Bienal de São Paulo, gerando curiosidade do público e comentários da crítica, Inferno (2013) é um trabalho de videoarte de cerca de vinte minutos da artista israelense Yael Bartana . O vídeo narra a autoimplosão do Templo do Rei Salomão durante aquilo que seria sua inauguração. O Templo foi […]

Continue lendo

”Não contavam com minha astúcia”: Chaves, Chapolin, Afeto e Televisa

Por Fábio Zuker O ator Roberto Bolaños, criador de personagens famosos em toda América Latina, como Chaves e Chapolin, faleceu nessa última sexta feira, 28 de novembro. Sua morte é também ocasião para pensarmos o grande culto ao humorista, e levantarmos uma reflexão ao modo como a cultura televisiva se vale desse humor popular e […]

Continue lendo

A queda do muro de Berlim: um laboratório para o mundo

Por Fábio Zuker* Pariser Platz, a Praça de Paris. Localizada em frente ao Portão de Bradenburgo (durante os anos do Muro de Berlin, um território sem ”dono”, um vácuo de poder), é hoje um dos pontos mais turísticos da capital alemã. Foi ali que as grandes potências mundiais do pós-guerra estabeleceram as regras do jogo […]

Continue lendo

Jogando com o vídeo: Beatriz Santiago Muñoz

Beatriz Santiago Muñoz é uma videoartista portoriquenha nascida em 1972. Seu trabalho põe em tensão os limites de documentais e ficção. Sua obra está atualmente exposta na Sala de Arte Público Siqueiros, na Cidade do México, até o dia 23 de Novembro. Em uma das passagens que mais chamou minha atenção no livro Esculpindo o […]

Continue lendo

Sim, Lula! O holocausto merece ser nosso maior referencial político!

Por Fábio Zuker* O jornalista Otávio Dias, editor-chefe do Brasil Post, publicou no último dia 22 um texto estarrecedor intitulado Basta, Lula! Não se invoca o holocausto em vão (clique aqui para lê-lo), contra a menção de Lula ao Holocausto em meio aos debates eleitorais. Esse texto foi amplamente veiculado nas redes sociais por meio […]

Continue lendo

Cidade do México: onde inexistem linhas planas

Por Fábio Zuker* No ônibus que tomei, dessa vez sozinho, de San Cristóbal de las Casas (Chiapas) à Cidade do México, um sonho muito estranho me acompanhou durante o longo percurso de 16 horas. Uma imagem nada convencional de uma cidade moderna sobreposta à cidade antiga Azteca. Embaixo da Catedral Central encontravam-se enormes templos, preservados, […]

Continue lendo

Por que, mesmo, odiar o PT?

Por Fábio Zuker* O Partido dos Trabalhadores (PT) tem sido objeto de ataque de diversos setores da sociedade: alguns o acusam de comunismo, outros de se tratar de uma quadrilha corrupta, outros tantos, por fim, de ser um partido que compra votos com comida. Este pequeno ensaio tenta levantar hipóteses e pensar as contradições envolvidas […]

Continue lendo

Massacres estudantis no México: 1968 e 2014

Fábio Zuker* 25 de setembro de 2014, Iguala, estado de Guerrero, México. No estado com maior taxa de homicídios no país, quarenta estudantes da Escola Normal de Ayotzinapa desaparecem após, além de enfrentamentos com a polícia, tomarem três ônibus sem pagar. Nesta semana, foram descobertas as covas com quarenta corpos e sinais de tortura. Não […]

Continue lendo

Chiapas, Zapatistas e mais ruínas

Por Fábio Zuker* Os momentos de solidão e introspecção, de me sentir senhor do meu tempo, aristocraticamente sentado diante de uma linda praia semi-deserta que muito pouco contribuía para tirar-me da inércia, de decidir fazer algo além de contemplá-la, e pensando nos momentos em que estava vivendo, terminou com a mesma brusquidão que começou. Na […]

Continue lendo

De volta às Américas ou mais um pantoprazol, por favor!

Muito provavelmente, mesmo para alguém que nunca tenha acampado sozinho em uma bela praia, não deve ser muito difícil imaginar o gênero de situações  pouco habituais às quais o acampante se encontra sujeito. Entre elas, chamo atenção para a que mais me marcou nesses três dias: estar sozinho. O que se agrava diante do fato […]

Continue lendo

Todo Estado é violento por essência

  – sobre algumas particularidades do conflito israelo palestino Por Fábio Zuker* Recentemente, alguns textos foram publicados no Gusmão a respeito do conflito entre israelenses e palestinos. Alguns destes artigos focalizavam o atual ataque israelense à Faixa de Gaza, fazendo certa história do militarismo e da política de Israel, como o de minha colega Veridiana […]

Continue lendo

Políticas da vizinhança: Israel e Palestina

Por Fábio Zuker* O ano de 2014 tinha tudo para ser único na história dos conflitos mundiais, não fosse o conflito israelo-palestino. Apenas cem anos após o início da Primeira Guerra Mundial, e cerca de setenta após o término da Segunda, França e Alemanha celebram juntas o ano da amizade franco-alemã. Dois países que confundem […]

Continue lendo

Ariano Suassuna e um certo purismo cultural

Por Fábio Zuker* Nascido em 1927 na Paraíba e morto vítima de um AVC na última quarta-feira aos 87 anos, Ariano Suassuna figura entre os escritores e intelectuais brasileiros de maior repercussão nacional. A sua concepção de cultura popular traz, entretanto, uma série de contradições, que se tornaram claras em alguns momentos, como em debates […]

Continue lendo

Pela eroticidade da arte: sobre os diários de Susan Sontag

Por Fábio Zuker* Publicado no Brasil em 2009 pela Companhia das Letras, Diários (1947-1963) – Reborn (Renascida), no título original em inglês –, de Susan Sontag, é um mergulho no universo mental de uma das mais influentes intelectuais norte-americanas do século XX. Nascida em 1933, foi uma escritora, cineasta, dramaturga, professora e ativista política. Seus […]

Continue lendo

Exposição artevida: um olhar marginal sobre a história da arte

Por Fábio Zuker* Com curadoria de Adriano Pedrosa e Rodrigo Moura, organizada para ocorrer em quatro espaços da capital carioca, a exposição artevida abre, no próximo dia 27 de junho, na Casa França-Brasil, no Parque Lage e na Biblioteca Parque Estadual, e, no dia 19 de julho, no Museu de Arte Moderna do Rio (MAM). Trata-se […]

Continue lendo

Machado: decifra-me e me devore

Por Fábio Zuker* Pois é, Machado de Assis está de volta aos debates públicos, tanto nas grandes mídias como nas redes sociais. Desta vez, a questão gira em torno do projeto financiado pelo Ministério da Cultura destinado a ”facilitar” a compreensão das obras do escritor para um público não acostumado a ler livros ”difíceis”. Pretendo […]

Continue lendo

O Velho Continente afogado em velhas ideias

por Fábio Zuker, de Roma* Diante da ascensão da extrema direita em países centrais como França e Inglaterra, do sentimento de eurofobia e de xenobia promovido por movimentos nacionalistas, e inclusive da vitória de pequenos partidos neonazistas, as eleições para o Parlamento Europeu parecem mostrar uma mudança que há muito se anunciava na política europeia. […]

Continue lendo

Memórias de leituras: Gabriel García Márquez

Por Fábio Zuker * Talvez poderia dizer, com o devido perigo do exagero, que o prazer que desenvolvi por obras pequenas parece sempre surgir em contraposição à leitura de grandes projetos literários. São, sem sombra de dúvidas, experiências diversas e muito difíceis de serem comparadas. Se os livros longos nos proporcionam um mergulho lento e duradouro […]

Continue lendo

A nova cara do Rio

Por Fábio Zuker * O atual momento vivenciado pelo Rio de Janeiro, com as chamadas ”pacificações” das comunidades, internacionalização da cidade e aumento dos custos de vida, parece apresentar uma série de ganhos da política de segurança pública do Estado. Projeto de pacificação contraditoriamente capitaneado de modo violento, transformou a paisagem urbana da zona sul e […]

Continue lendo

Macabro e perverso na obra de Joca Reiners Terron

Por Fábio Zuker* Ambientado no bairro do Bom Retiro, o livro A Tristeza Extraordinária do Leopardo-das-Neves, de Joca Reiners Terron, estrutura-se ao redor de quatro histórias, diante das quais o leitor espera com anseio o momento em que elas irão se cruzar. Parte da romance transcorre durante a noite – e mesmo as passagens diurnas têm […]

Continue lendo

A aparente beleza do vazio

Por Fabio Zuker* La grande Bellezza, co-produção ítalo-francesa dirigida por Paolo Sorrentino  e vencedor do Oscar de ”Melhor Filme Estrangeiro” gira em torno da vida social e dos sentimentos mais íntimos do jornalista Jep Gambardella. Entrevistador notável por sua incomplacência e que passa seus dias frequentando festas chiques, conquistando mulheres, indo a caros restaurantes e recebendo amigos […]

Continue lendo