Clipping da Semana

Ativistas fazem projeções em São Paulo. Imagem de Mídia Ninja. Veja mais no link: https://www.flickr.com/photos/midianinja/sets/72157645232573850/

Ativistas fazem projeções em São Paulo. Imagem de Mídia Ninja. Veja mais no link: https://www.flickr.com/photos/midianinja/sets/72157645232573850/

POLÍTICA E SOCIEDADE

Estado de exceção: dezenas de ativistas são presos em casa no Rio de Janeiro:

 

A polícia prende 19 ativistas anti-Copa: A polícia civil do Rio de Janeiro prendeu, nesta véspera da final no estádio do Maracanã, 19 ativistas anti-Copa do Mundo “suspeitos de participar em atos violentos”, informaram fontes oficiais. Os militantes, um deles professor universitário de história, respondem por crimes de formação de quadrilha armada, com pena prevista de até três anos de reclusão. (Terra Magazine)

A face repressiva da democracia durante a Copa: Em que ano estamos? Essa pergunta teima em vir à cabeça quando aparecem notícias das arbitrariedades cometidas contra manifestantes em 2013 e 2014, pela assombrosa semelhança com ações repressivas feitas pela ditadura civil-militar (1964-1985). Veja agora em que circunstâncias aconteceram os casos. (Carta Capital)

A humilhante derrota abre a caixa preta da sociedade brasileira: “A expectativa é que a seleção represente a nossa força, a virtude e a criatividade do país”, diz Campos, que coordena o Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre o Futebol (Ludens). “É perverso e cruel jogar a responsabilidade do nosso fracasso nas costas dos meninos”. (El País)

Governo quer modernizar, e não comandar, o futebol, sustenta Dilma: Segundo ela, o futebol não pode ser estatal. “O futebol, que é atividade privada, precisa ter as melhores práticas da gestão privada, nas áreas comercial, financeira e futebolística”, disse.A presidente comentou ainda que o Brasil deve deixar de ser um “exportador” de jogadores. “O Brasil não quer criar a Futebras. Quer, sim, acabar com a Futebrax e deixar de ser um mero exportador de talentos”, disse. (Valor)

Sutiã com bojo, adultização da infância e por que nada muda: Esses dias recebemos uma imagem de um catálogo de lingerie com uma menininha de sutiã com bojo e colar de pérolas. É claro que todos nós fizemos os mesmos questionamentos: por que raios uma menina de 4 ou 6 anos precisa desse tipo de coisas? Olha a adultização da infância, a erotização precoce, que horror!!! Sim, essa é a fala de praticamente todo mundo. (Geledés)

Entenda por que o vagão feminino não é a solução: “Se existe um vagão só para mulheres, o que você foi fazer no vagão misto? É lógico que algo ia te acontecer”; essa foi a sentença ouvida por Silvia Bezerra, professora de 32 anos, quando foi chamar um segurança para contar da “encoxada” que havia sofrido no metrô do Rio de Janeiro. (Forum)

OMS recomenda antirretrovirais para gays como prevenção ao HIV: A organização afirma que o que chama de “medicamento de profilaxia pré-exposição” pode reduzir a incidência do HIV entre 20% e 25% globalmente, segundo estimativas. Isto evitaria, segundo os cálculos da OMS, até 1 milhão de novos casos nesse grupo em um período de dez anos. (BBC)

As explicações de Joaquim Barbosa sobre a acusação da Folha: A respeito de matéria publicada na data de hoje (11) pelo jornal Folha de S.Paulo, que alega tentativa de “manobra” por parte do presidente do Supremo Tribunal Federal para manutenção de servidores após sua aposentadoria, esclarecemos que o conteúdo divulgado não reflete a realidade. (GGN)

ECONOMIA 

Um modelo de relação comercial em evolução: O número mágico é 22. Ele representa o número de vezes que o comércio bilateral entre China e América Latina se multiplicou na última década. Mas, ao mesmo tempo em que a relação comercial se expandiu, o que transformou Pequim no segundo sócio comercial da região, evoluiu também seu modelo. (El País)

Brasil vai demorar mais para alcançar renda de países ricos, diz OCDE: O documento Perspectivas sobre o Desenvolvimento Mundial 2014 afirma que, nas próximas décadas, as economias em desenvolvimento continuarão a crescer mais rapidamente do que as de países mais avançados. A participação de países que não fazem parte da OCDE no PIB mundial superou a de países da organização em 2010. (BBC)

Banco Central divulga indicadores econômicos de junho: Clique para acessar os dados sobre o fluxo cambial e a posição de câmbio dos bancos de junho. (BC)

Were the billions Brazil spent on World Cup Worth it? Of course, with a price tag estimated at $11.3 billion in public works spending alone, it will take more than just a trouble-free four-week tournament to justify Brazil’s heavy investment in hosting the World Cup. In terms of long-run development potential, of most concern to economists is the $3.6 billion in total spending on the 12 new and refurbished stadiums that are being used for the event. (Five Thirty Eight)

Post-Crash Economics: In last month’s European Parliament election, euroskeptic and extremist parties won 25% of the popular vote, with the biggest gains chalked up in France, the United Kingdom, and Greece. These results were widely, and correctly, interpreted as showing the degree of disconnect between an arrogant European elite and ordinary citizens. (Institute for New Economic Thinking)

MUNDO

IPEA lança publicações complementares dedicadas aos BRICS: Clique aqui para acessar o especial sobre investimento direto estrangeiro no bloco; e aqui para o especial sobre comércio e acordos regionais. (IPEA)

Israeli comandos storm Gaza beach as deadly air assault continues: The raid came amid continuing speculation that Israel would launch a ground offensive into Gaza, a move likely to sharply increase the number of civilian casualties. So far, 166 people have been killed including 30 children, according to Gaza’s health ministry. (The Guardian)

The children of the Drug Wars: Judges, who currently deny seven in 10 applications for asylum by people who are in deportation proceedings, must better understand the conditions these children are facing. They should be more open to considering relief for those fleeing gang recruitment or threats by criminal organizations when they come from countries like Honduras that are clearly unwilling or unable to protect them. (New York Times)

Briefing sobre a VI Cúpula dos BRICS – Embaixador José Alfredo Graça Lima:

 

 

Tags:

Categorias: Clipping

Conecte-se

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: