Clipping da semana

Os garis do Rio de Janeiro conseguiram, após 8 dias de greve, acordo que elevou o salário da categoria em 37%. Eduardo Paes, prefeito, afirmou que se tratava de um "motim" com colorações políticas, não de uma greve. (Foto: Mídia Ninja)

Os garis do Rio de Janeiro conseguiram, após 8 dias de greve, acordo que elevou o salário da categoria em 37%. Eduardo Paes, prefeito, afirmou que se tratava de um “motim” com colorações políticas, não de uma greve. (Foto: Mídia Ninja)

SOCIEDADE

Garis do Rio encerram greve e retornam imediatamente ao trabalho: Um dos representantes da comissão de greve, Angelo Ricardo Freitas, disse que os garis ficaram satisfeitos. “Estamos todos satisfeitos, pois não queríamos nada além disso, sentar e conversar e poder propor nossa pauta”, disse. (EBC)

Dia internacional da mulher: comemorar o quê? Não, a mulher não é um ser com superpoderes!! E querer bancar a supermulher pode ser muito prejudicial à saúde. Esse negócio de achar que “mulher de verdade” é aquela que trabalha fora, em casa e ainda está sempre linda, elegante e ‘feliz’ é ridículo! (Blogueiras Feministas)

Feministas pedem que Dilma não ceda mais às pressões religiosas contra o aborto: Ofensiva contra o aborto tem crescido no legislativo brasileiro devido, especialmente a legisladores evangélicos. A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Vida contava em julho com 205 parlamentares empenhados em pensar leis anti-aborto. (El País)

O mesmo amor com que se faz um parto se faz um aborto: Sempre que a mulher está nessa situação, ela está numa situação de conflito, entre uma realidade que fala, interrompe, e o cultural, que fala não interrompe. A formação moral, religiosa, é sua formação cultural, que fala não interrompe. (El País)

Primeiro ano de casamento gay em SP contabiliza mais de 700 cerimônias: O mês de outubro foi o que mais realizou as celebrações entre pessoas do mesmo sexo: foram 90. No mês de novembro foram 80 casamentos; 73 em maio; 71 em agosto e em abril, 57 casamentos gays. (GGN)

Por um mundo melhor, meninos deveriam brincar de boneca: Nós, homens, somos inimigos até que sejamos devidamente educados para o contrário. E os brinquedos que escolhemos para nossos filhos fazem parte dessa longa caminhada a fim de garantir um mínimo de decência para com o sexo oposto. (Sakamoto)

Escutem o louco: Era ao louco do metrô. Há algo de trágico nos loucos. Há uma tragédia, que é a de não ser escutado. Sempre que alguém com um diagnóstico de doença mental comete um crime, a patologia é usada para anular as interrogações e esvaziar o discurso de sentido. (Eliane Brum, para o El País)

CIDADES

Você conhece a zona rural de São Paulo? É difícil de imaginar para a maioria dos paulistanos, mas no extremo sul do município existem paisagens surpreendentes. Quem as percorre encontra remanescentes de Mata Atlântica, belas cachoeiras, terras indígena e áreas de produção agrícola. (Cidade Aberta)

Prefeitura admite rever corredor de ônibus em avenida na zona sul de SP: Governo destaca benefícios para desapropriados, estímulo ao comércio e demanda social. Empresários locais criticam desapropriações e defendem que corredor na avenida das Nações Unidas seria suficiente. (Rede Brasil Atual)

(Ricardo Siri Liniers: https://www.facebook.com/porliniers)

(Ricardo Siri Liniers: https://www.facebook.com/porliniers)

ECONOMIA

Antecipar a esperança: Só uma ação decidida e forte do Estado pode pôr em marcha o setor privado para acelerar o desenvolvimento econômico. Essa forma de ação – correta e crível – é capaz de antecipar a esperança. (Delfim Netto para a Carta Capital)

Meta de superávit plurianual seria um avanço, diz Canuto: A política fiscal do Brasil requer ampla revisão dos gastos públicos, que pode incluir a adoção de metas plurianuais de superávit primário ou controle de despesas, avalia o conselheiro e ex-vice presidente do Banco Mundial, Otaviano Canuto. (Exame)

As novas condições do desenvolvimento: A abertura comercial com câmbio valorizado e juros altos suscitou o desaparecimento de elos das cadeias produtivas na indústria de transformação. Para juntar ofensa à injúria, essa abertura afastou o Brasil do engajamento nas cadeias produtivas globais. (Luiz Gonzaga Belluzzo para Le Monde Diplomatique)

Financial reform in crisis: the swedish solution. Sweden did not just bail out its financial institutions by having the government take over the bad debts. It extracted pounds of flesh from bank shareholders before writing checks. Banks had to write down losses and issue warrants to the government. (Institute for New Economic Thinking)

MUNDO 

Impasse entre Rússia e Ucrânia pode ter impacto global: O temor de uma guerra entre Rússia e Ucrânia já afeta preços internacionais. Nesta semana, o trigo chegou a seu valor máximo em 17 meses, e o milho alcançou o preço mais alto desde setembro. Na segunda-feira, o gás chegou a subir 10%. (BBC)

How the Ukraine crisis ends: Public discussion on Ukraine is all about confrontation. But do we know where we are going? In my life, I have seen four wars begun with great enthusiasm and public support, all of which we did not know how to end and from three of which we withdrew unilaterally. The test of policy is how it ends, not how it begins. (Henry Kissinger para o Washington Post)

Parlamento uruguaio aprova projeto  para uso de software livre no governo: Queremos que o Estado utilize o software livre, dê preferência aos formatos abertos e livres, em vez dos privados. Temos que dar discricionariedade, não acreditamos no mercado livre, que já demonstrou o que é. (Opera Mundi)

Brazil’s Venezuela Problem: Brazil will yet again have to engage and assume regional leadership – may it be through Unasur, Mercosur, or bilaterally. It seems increasingly unlikely that Venezuela can solve the crisis on its own. (Post Western World)

Saída para crise afasta OEA e fortalece UNASUL: O fim da crise entre Colômbia e Venezuela não mexerá só com a agenda bilateral. Para alguns analistas, ela é vista como parte de um rearranjo de forças entre dois organismos que disputam prestígio e influência na América do Sul. (João Paulo Charleaux para o Estadão)

MEIO AMBIENTE

Ambições hidrelétricas do Peru tem Brasil como parceiro: A maioria das usinas hidrelétricas em existência no país está localizada em locais altos nos Andes. Porém, as autoridades governamentais estão procurando rios no flanco leste das montanhas, onde as encostas íngremes e os fluxos mais estáveis significam maior capacidade de geração. (O Eco)

Reunião do Ministério das Relações Exteriores com representantes da Sociedade Civil para avaliação da COP-19/CMP-9

Tags:

Categorias: Clipping

Conecte-se

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: